Gestão Ambiental

O Hospital Lacan tem ampla preocupação com os impactos ambientais gerados pela sua atividade, por este motivo, toda a equipe de colaboradores e Direção desenvolvem e acompanham projetos que visam garantir um ambiente sadio às gerações futuras.

O Hospital possui uma Comissão de Sustentabilidade, formada por funcionários de diversas áreas que trabalham com o objetivo comum de adequar às práticas aos princípios da Gestão Sustentável.

O Hospital utiliza ainda a política dos 3 R’s, que é um conceito e uma ação, que abrange mais do que a simples coleta seletiva e envio do lixo para reciclagem. Pressupõe três regras básicas que devem ser seguidas:

PGRSS (Plano de Gerenciamento de Resíduos Serviços de Saúde)

O Hospital Lacan possui o PGRSS (Plano de Gerenciamento de Resíduos dos Serviços de Saúde) elaborado e revisado periodicamente pela Comissão de Sustentabilidade, que é baseado nos princípios de não geração e minimização de resíduos, que apontam e descrevem as ações relativas ao manuseio, armazenamento e disposição final, reduzindo os riscos ao meio ambiente, em conformidade com a legislação vigente.

O PGRSS contempla os aspectos referentes à minimização na geração de resíduos, como:

• Segregação

• Armazenamento

• Acondicionamento

• Transporte temporário

• Identificação

• Tratamento interno e externo

• Coleta

• Disposição final

Consumo Racional de Água e Energia

O Hospital Lacan realiza periodicamente campanhas internas para conscientização dos colaboradores. Atua com metas de redução de consumo de água e energia e busca ações para a redução.

Visando reduzir o consumo de água no Hospital, diversas ações foram desenvolvidas, como a troca de torneiras manuais por sistema temporizado, instalação de redutores de pressão nas torneiras. Pensando em consumo racional de energia, o Hospital Lacan adota sistema de iluminação intercalada em diversas áreas durante o dia.

Reciclagem

A proposta inicial do projeto de reciclagem encabeçado pela Terapia Ocupacional do Hospital Lacan em conjunto com o setor de Gestão Ambiental tem como objetivo principal diminuir a produção excessiva de lixo, conscientizando os colaboradores, pacientes e população em geral sobre a necessidade do consumo consciente.

Nosso projeto oferece um espaço para os pacientes poderem vivenciar atividades produtivas e futuramente essas se tornarem profissionalizante. Esse resíduo, uma vez sendo descartado de forma correta e com utilização adequada pode se transformar em algo novo e ser revendido tornando-se uma fonte de renda.